Sem categoria
Comentário 1

Como sobreviver a uma noite no aeroporto: dicas para quem precisa esperar muito tempo pelo próximo voo.

Waiting for the flight

Pegou um voo com conexão? Ou num horário na madruga? Vai ter que passar a noite no aeroporto? Vem ver como sobreviver a uma noite no aeroporto e confira as dicas para quem precisa esperar tanto tempo lá até o próximo voo.

Viajar: um prazer na vida de tanta gente. Ainda que seja a trabalho, estudo, ou para resolver qualquer questão burocrática do quotidiano, é sempre bom viajar. Entretanto, a espera no aeroporto às vezes pode ser um martírio. Por isso resolvi falar hoje sobre como sobreviver a uma noite no aeroporto, dando dicas para quem precisa esperar horas até o próximo voo.

Passamos por uma experiência um tanto cansativa no aeroporto Galeão no RJ, onde tivemos que passar a noite e por isso meu relato com dicas sobre o que fazer para não morrer de tédio numa situação como essa.

A jornada começou quando fomos para o Rio para que eu pudesse tirar meu visto para os EUA, mas fomos apenas para passar o fim de semana, ida na sexta e volta no domingo de madrugada. Uma viagem com um propósito, mas que também foi turística (um turismo em 48h) porque é possível conhecer os principais pontos do Rio em 48h (veja o artigo aqui).

Nosso voo saiu de Porto Alegre sexta de tarde e chegamos no Rio sexta de noite, pousando no aeroporto Santos Dumont. Todavia, as passagens de volta tinham saída do aeroporto Galeão (gente eu me apavorei com a distância desse aeroporto em comparação ao outro). Ficamos hospedados em um apartamento em Ipanema, pelo Airbnb, tudo maravilhoso, super perto da praia, delícia! Até então tudo ótimo, porém, distante do aeroporto Galeão. Quem já foi ao Rio, e ao Galeão, sabe que é meio que distante de tudo e apesar de ser um aeroporto bem maior que o Santos Dumont eu diria que não tem tanto entretenimento.

Como nosso voo sairia do Galeão por volta das 5:50h de domingo, decidimos que devido à distância e ao nosso medo de não conseguir chegar a tempo (e também porque passaríamos o dia inteiro turistando e voltaríamos tarde para o apartamento, não compensando pagar outra diária), passaríamos a noite no aeroporto esperando nosso voo para retornar.

E assim fizemos. Passamos um dia incrível, porém ficamos esgotados após os passeios. Saímos do Cristo Redentor ao entardecer e fomos direto para o aeroporto. Chegamos lá por volta das 20h e logicamente fomos direto para a praça de alimentação.

Tem umas opções legais de comida na praça de alimentação (como na maioria dos aeroportos), todavia, enquanto jantávamos alguns restaurantes já iam fechando suas portas. Nada fica aberto depois das 22h na praça de alimentação, e o que acontece durante a madrugada é que ela vira um hotel.

—>Por isso, a primeira dica para sobreviver é: durma.

Se estiver muito cansado e não ver viabilidade em dormir naquelas cadeirinhas super desconfortáveis, faça sua própria cama com as cadeiras (alguns estavam dormindo em cima das mesas também) e descanse com o conforto que você jamais sonhou (sarcasmo feelings). Eu consegui dormir lá, e o meu namorado também. Tinha uma cara em outra mesa que estava tão confortável que até caiu das cadeiras, então acordou. Sério, funciona após ficar muitas horas caminhando e estar completamente podre de cansaço.

—>A segunda dica é: procure uma cafeteria.

Sim, procure uma cafeteria, porque afinal, depois que você tirar aquele cochilo gostoso na praça de alimentação você pode querer tomar um café para acordar (você só dormiu uma hora e a noite é uma criança). No Galeão tem Starbucks e é 24h, I love this.

Starbucks coffe

Sobreviva com café! Se for da Starbucks melhor ainda!!!

—>A terceira dica é: faça amizade!

Você se surpreenderia com a quantidade de histórias de pessoas que estão no mesmo barco que você, mas indo para os mais diferentes destinos. Nós encontramos 3 meninas que estavam fazendo um mochilão, já tinham passado por vários países e estavam lá esperando o embarque para a próxima aventura.

—>A quarta dica é: explore.

Andamos pelo aeroporto todo. Entramos na livraria, olhamos todos os guichês das companhias aéreas (fiquei deslumbrada mais uma vez com tudo da emirates – esse é o máximo de deslumbre que você vai encontrar, aproveite), e claro passamos um bom tempo nas lojinhas duty free quando já tinham nos liberado para esperar lá dentro.

—>A quinta e última dica é: tenha paciência.

Eles têm até lugar para você carregar seu celular. Leve um livro, compre um livro, ouça música, durma, coma, tome um café, tente não reclamar das horas não passarem nunca.

Sobrevivendo a uma noite no aeroporto

Paciência é a chave do sucesso.

Bom humor é fundamental nessas horas, e para tudo na vida.

Dica Bônus: Leve um casaquinho,  sua mãe está sempre certa quando diz que você vai passar frio. No aeroporto faz frio não importa a época.

Então da próxima vez que tiver que esperar já sabe. Aproveite sua estadia, o aeroporto é um lugar legal.

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s