Lifestyle, Reflexões
Deixe um comentário

Além da física: conheça as geniosas lições de vida deixadas por Stephen Hawking

O mundo hoje perdeu um grande gênio, o físico britânico Stephen Hawking , 76 anos, deixou esse plano terrestre na madrugada em sua casa em Cambridge. O mundo hoje também perdeu um ser humano extraordinário.

 

Stephen Hawking foi diagnosticado aos 21 anos com esclerose lateral amiotrófica, ou doença de Lou Gehrig, e foi desenganado pelos médicos que afirmaram que lhe restavam menos de 3 anos de vida. Entretanto, mesmo com a progressão da doença, afetando-lhe todo o corpo até que só lhe restasse os movimentos dos olhos e o rastreamento das bochechas para se comunicar, o cientista realizou muitas contribuições para a comunidade científica.

Seus estudos sobre os buracos negros revolucionaram a ciência, foi o autor de livros como: Uma breve história do tempo; Buracos negros, Universos-bebês e outros ensaios; O fim da física; O universo numa casca de noz; Uma nova história do tempo; Brevíssima história do tempo, entre outros.

Muito mais do que nos ensinar sobre o tempo, buracos negros e a origem do universo, Stephen Hawking também deixou uma das maiores lições de superação de obstáculos, uma lição sobre como levar a vida.

Ele era um milagre ambulante, e quando digo milagre, não estou me referindo a sua expectativa de vida, quebrada com o tempo, mas sim a sua capacidade de lidar com todas aquelas limitações que lhe foram impostas pela doença que lhe acometeu, e ainda assim, encontrar uma maneira de se divertir, de ser feliz, de continuar vivendo e realizando as grandiosidades que realizou.

Stephen Hawking era um gênio, sim, seu conhecimento e sabedoria iam muito além da física, era um mestre na arte da vida, viveu sentindo que “cada dia a mais era lucro”.

Já imaginou viver desse jeito? Eu o imagino como um ser humano grato, pois, a gratidão parece simples de ser praticada por pessoas que tudo o tem: saúde, emprego, amigos, família, estudo, etc. e mesmo assim vejo pessoas que apenas reclamam da vida. Agora imaginem o quão parece mais difícil sermos gratos quando acontece uma tragédia em nossas vidas, como quando uma doença nos acomete, quando nos é tirada nossa capacidade física e nos vemos dependentes de outras pessoas?!

Admiro as descobertas científicas de Hawking da mesma forma que admiro sua forma de viver. Já o admirava antes de conhecer toda a sua história, mas após assistir o filme “A Teoria de Tudo” fiquei mais instigada ainda a pesquisa-lo, surpreendi-me com tamanha leveza, com sua cativante maneira de lidar com as dificuldades.

Inteligência é a capacidade de se adaptar à mudança. Stephen Hawking.

Certa vez disse a frase “Inteligência é a capacidade de se adaptar à mudança”, frase essa que nos faz refletir sobre como reagimos negativamente, e, portanto, de uma forma não inteligente, a fatos que nos ocorrem.

Será mesmo que é o fim do mundo você perder seu emprego? Ou qualquer que seja a situação “ruim” que tenha acontecido, tudo é uma questão de adaptação e de perspectivas. O mundo nos manda mais daquilo em que canalizamos nossas energias, e se você canaliza apenas em pontos negativos, vendo só o lado ruim da situação, certamente receberá um pouco mais disso. A própria ciência já comprovou o quanto nossos pensamentos e sentimentos estão influenciando diariamente nossas vidas, o universo que nos cerca. Portanto, cabe a nós mesmos nos adaptarmos às situações que nos são acometidas para que nós mesmos não soframos com as consequências de nossas reações.

Não importa quanto a vida possa ser ruim, sempre existe algo que você pode fazer, e triunfar. Enquanto há vida, há esperança. Stephen Hawking.

Essa frase particularmente é uma das minhas preferidas, ela nos traz uma reflexão linda sobre nossa capacidade ilimitada como seres humanos. As limitações da mente somos nós que impomos a nós mesmos, ou seja, se você analisar, nada é impossível, as coisas são impossíveis apenas se você acreditar que são. O que falta nesse mundão é crença, é acreditar que cada um tem um papel aqui, ninguém caiu nesse mundo por acaso.

O problema é que muita gente se perde no caminho e se limita, não entende bem o que está fazendo e vive a vida no modo automático, como se estivesse vendado o tempo todo.

Hawking poderia ter se conformado com sua limitação e se imposto a viver o resto da vida que lhe restava de um jeito medíocre, infeliz, e assim, provavelmente a expectativa de vida dada por seus médicos teria se concretizado.

Entretanto, ele resolveu viver a vida com propósito, e isso faz toda a diferença. Ele não se permitiu ficar sentindo pena de si mesmo, continuou vivendo fazendo o que amava, dedicou-se a estudar, teve uma bela família, amou e foi amado.

Inclusive o amor foi o que libertou Hawking da prisão física que lhe fora sentenciada aos 21 anos. O fato de ter se apaixonado por sua 1ª esposa foi o que acabou corroborando para que ele continuasse lutando, continuasse exercendo seu direito de estar no mundo e aproveitá-lo da melhor forma o possível.

Se alguém ainda tem dúvidas de que o amor é o combustível mais poderoso que existe nesse universo, acho que é hora de refletir melhor. Esse é o sentimento responsável por todas as grandes realizações da humanidade.

Assim como o amor, o bom humor foi um componente de peso na vida de Hawking, o cientista era conhecido por seu senso de humor e sarcasmo. Conquistou uma legião de fãs, entre eles entusiastas que não entendiam bulhufas de física quântica, mas que se interessavam por sua abordagem de fácil acesso e compreensão a todos, sendo visto por vários outros cientistas como um astro pop.

Não há dúvidas de que Hawking era praticamente um influenciador em seu ramo, inspirou inúmeros jovens cientistas e seu legado ainda renderá muitos frutos para a ciência, assim como o legado deixado por Einstein até hoje está rendendo.

Para aqueles que buscam inspiração para empreender, acredito que Hawking também pode ser a fonte. Que exemplo poderia ser melhor para um futuro empreendedor do que inspirar-se em alguém capaz de se reinventar a cada dia?! Hawking elaborou uma teoria sobre buracos negros e depois negou a própria teoria ao afirmar que os buracos negros não existiriam. Temos que admitir que ele tinha coragem, questionou a si mesmo diante do mundo sem preocupar-se com a repercussão.

Muitos empreendedores erram ao não reconhecer suas falhas e ter a humildade de recomeçar, ou ainda, de pedir ajuda a outra pessoa.

Nenhuma verdade é absoluta nesse mundo. E não há nada de errado em questionarmos nossas próprias escolhas e até em muda-las quando melhor nos parecerem outras.

As grandes conquistas da humanidade foram obtidas conversando, e as grandes falhas pela falta de diálogo. Stephen Hawking.

Outro grande ensinamento do mestre, o diálogo hoje parece quase insustentável, quando o que existe é um grande número de pessoas revoltadas umas com as outras por discordarem de suas opiniões.

A intolerância chegou e tomou conta do mundo, e até agora não vi nada de bom sair disso. Cada vez mais parece difícil conversar sobre temas “polêmicos” com as pessoas. Já desisti de conversar sobre política, as pessoas andam muito estressadas e o que tentam fazer é te dissuadir do seu ponto de vista para passar a concordar com o delas, mas na base da ignorância e não do diálogo.

Clamam por respeito à opinião alheia, mas não respeitam a opinião de ninguém, se isso não é hipocrisia, não sei mais o que é.

O fato é que Stephen Hawking deixou vários conselhos ao mundo, alguns citados aqui, tantos outros espalhados por seus livros, reportagens de sua vida, em seu filme, enfim, quem ficou interessado recomendo que pesquise mais sobre essa mente genial que hoje nos deixa.

Você tem que ter uma atitude positiva e tirar o melhor da situação na qual se encontra. Stephen Hawking.

Sim, uma atitude positiva faz toda a diferença. O grande Lao-Tsé já dizia: “Reaja inteligentemente a um tratamento não inteligente”. É o segredo da boa convivência, e isso trará benefício a você. Sei que às vezes é bastante difícil nos mantermos positivos e sermos legais com pessoas ou situações que não estão sendo tão gentis conosco quanto gostaríamos, mas é aí que mora o desafio.

O segredo é a grandeza espiritual que vive em cada um. Alguns a sufocam tanto dentro de si mesmos que nem sabem que a possuem. Mas todos nós somos capazes de ser nobres para com os outros. E quando você decide reagir negativamente, como já mencionei mais acima, os malefícios serão transmitidos apenas para você.

Então aprendam com Stephen Hawking, um ser humano extraordinário que optou por levar a vida de um jeito leve ao invés de reclamar pelos cantos e se fechar para a felicidade.

Não se trata de termos ou não termos tudo o que queremos, mas sim de agradecermos tudo que temos, nunca desistir do que queremos e acreditar em nosso potencial de alcance e realização.

Tudo é possível ao que acredita, o impossível é uma desculpa esfarrapada para os fracos de fé.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s